DEIXE QUE O CHAMEM DE LOUCO DESDE QUE ESTEJA FELIZ CONSIGO MESMO - BLOG CONFIDENT

DEIXE QUE O CHAMEM DE LOUCO DESDE QUE ESTEJA FELIZ CONSIGO MESMO

DEIXE QUE O CHAMEM DE LOUCO DESDE QUE ESTEJA FELIZ CONSIGO MESMO | BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
Eu sempre fui chamada de louca na vida. Sempre a ovelha negra, a diferentona. 
Me moldei e me tornei aceitável a sociedade e aos meus parentes, até reabrir os olhos e ver as inúmeras diferenças que existem nele.No inicio houve uma certa resistência, um medo, mas depois me vi ali, encantada com as possibilidades. E havia muitas dela bem a minha frente. 
Então, me tornei a louca, ovelha negra e diferentona outra vez. 
Mas desta vez não me incomodei. Não me moldei aos padrões e honestamente? Você também não deveria. Se existe algo em você que cause estranheza nas pessoas, caso haja algo em seu corpo que não agrade aos outros, ou alguma profissão... Não mude pelos outros. 
Eles podem até te conhecer, mas jamais saberão o que lhe faz feliz, porque só você é capaz de definir isso. 
Então, se te faz bem, se te faz ser você mesmo, sem cortinas e nevoas, que mau há nisso? Seja louco, seja a ovelha negra, seja a diferentona. 
Deixe que falem, a sociedade fala mesmo quando estão seguindo seus padrões. Eu me dei conta que talvez querem que todos nos tornemos robôs idênticos e que nunca questionam absolutamente nada. E qual é a graça de se ter só uma vida e desperdiça-la sendo idêntico a outro alguém? 
E como já dizia o sábio Chapeleiro em Alice no País das Maravilhas, "Louca, louquinha ! Mas vou te contar um segredo: as melhores pessoas são.". E sim, as melhores pessoas são loucas. Eu sou, você é e mais outras milhares de pessoas também são, então não se deixe atingir.
Somos muito mais do que um padrão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário