Mulher. Negra. Guerreira.

quinta-feira, fevereiro 04, 2016

Mulher guerreira

Por toda minha infância e incio de adolescência, ouvi que nunca conseguiria nada nada vida. Negra, de família pobre em comunidade, nunca chegaria aos céus. Todos estimavam que aos 19 anos, sem estudo, estaria grávida, provavelmente do terceiro filho. Dona de casa, aliais, um barraco, com um marido alcoólatra que me bateria. Diziam que nem comida teria para dar aos meus filhos bastardos de pais diferentes. Ouvia que nunca teria a oportunidade que uma pessoa de classe alta teria ou até mesmo um branco de classe média alta. Tudo seria lixo.
Foi somente quando eu percebi que era vítima de tantos preconceitos e perfeitamente capaz de conquistar aquilo que eu quisesse, fui a luta. Enfrentaria dificuldade, mais preconceitos, mas o fato de ser negra não me impediria de chegar onde eu quisesse.
Hoje, coloco meu batom vermelho, minha melhor roupa e vou a luta. Dona do sorriso mais bonito, segundo os admiradores, alcancei minha casa própria e ainda sobra dinheiro parar curtir minha vida. Aos 23, não sou mãe, continuo solteira, tenho meu emprego e meu próprio negócio... Se foi fácil? Claro que não... Mas quem disse que gosto de coisas fáceis? Gosto de lutar e mostrar a força que uma mulher, e uma mulher negra, tem... Não choro mais por preconceitos, hoje faço deles o meu degrau para alcançar todas as minhas metas e objetivos de vida...

Então, gata, levanta essa cabeça. Não deixe que ditem que você é e quem você será. Não será sua cor, sua religião, sua cultura e todos os que te apontam que vão impedir você de chegar no alto. Você é capaz de conseguir aquilo que quiser. Seja forte, você é forte. Dê um tapa na cara do racismo, machismo e qualquer outro tipo de preconceito que possa ocorrer e mostre ao mundo a mulher poderosa que você é. O céu ainda não é o limite. 

---*
Texto fictício produzido nesta madrugada de insônia por Letícia Caetano. Não se esqueça de comentar e compartilhar com todas as mulheres guerreiras que vocês conhecem, ok? 
Trilha sonora: Survivor - Clarice Falcão ou Beyoncé.

Você vai amar!

60 comentários

  1. Infelizmente preconceito ta ai todos os dias, e infelizmente o mundo ainda precisa de muita evolução. Querendo ou não, muita gente é maltratada e julgada por sua cor, religião, cabelo... Muita gente perde oportunidades por culpa da ignorância do mundo capitalista e vazio no qual vivemos. Mas não não se pode mesmo abaixar a cabeça, tem sim que batalhar procurar os direitos, e não deixar nada nem ninguém nos diminuir.
    Adorei seu blog.
    Hoje iniciei uma categoria no blog (batom do dia) espero sua visita e espero que goste. http://www.renatachampion.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, Re, não devemos baixar a cabeça, nunca. Muito obrigada :)

      Excluir
  2. Adorei o texto, ficou muito bom, e infelizmente ainda tem esse preconceito né, 2016 e o povo ainda não entendeu que somos todos iguais... triste isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gabi, mas vamos continuar na luta para acabarmos com isso. Muito obrigada <3

      Excluir
  3. Que texto linda! É realmente, hoje em dia todos julgam pela cor da pele. Se é negra é mal olhada, se está em uma loja é mandada embora. Se é negra e ainda mora na favela, ai papai. Eu amei um texto, ficou ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor. Infelizmente há preconceitos, mas não só com a cor da pele, mas com a orientação sexual, com o estilo de vida, com o jeito de se vestir, com o corpo... A sociedade ao invés de evoluir ela tende a andar para trás com essas coisas...

      Excluir
  4. Realmente são impostos padrões, mas sabe porque? porque tem pessoas que se deixavam levar (antigamente) por tudo que os outros falavam, e tudo que falavam acabava acontecendo mesmo. Mas hoje as pessoas são diferentes (claro que ainda existem aquelas) mas as de hoje são mais fortes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karol, essas pessoas são pressionadas, inseguras, e na maioria das vezes cresceram ouvindo que é errado ser do jeito que é. O índice de suicídio ainda é muito grande em algumas regiões e países por conta desses padrões impostos. Quando se é criança você aprende uma coisa e quando cresce aquilo que se aprendeu permanece em você e como faz? Não é uma questão de fraqueza, mas de ensinamentos errados, desprezo, ódio de toda uma vida. Mas estamos na luta para acabar com isso e ter um país, um mundo melhor...

      Excluir
  5. Eu sei que você sofreu com tudo isso, mas sei que não haveria "resposta" melhor pra quem pensa dessa forma do que dar a volta por cima e provar que é capaz.. Não acho feio ser mãe aos 19, ou casada aos 23, mas foi incrível da sua parte mostrar a todos que um dia te julgaram que podemos ser o que quisermos ser. É exatamente essa a melhor forma de começar a combater qualquer preconceito, mostrar que somos capazes e infinitamente melhor do que imaginam <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lari, o texto é um texto fictício. Sofri algumas coisas mencionadas, mas não se trata de minha pessoa. kkk, Corri lá em cima, vi que teve muita gente que achou que fosse minha história. Eu também não acho feio ser mãe aos 19 ou aos 23, muito pelo contrário. Acho que todos tem a escolha de viver como querem... O texto só foi uma forma de mostrar que ainda existem pessoas que sofrem com um determinado tipo de preconceito. Aqui não se tratou só por ser negra, mas por ser mulher, pobre... Muito obrigada, fico realmente feliz ao ver que as pessoas gostaram...

      Excluir
  6. Acho que sempre foi assim, as pessoas ditam padrões, as pessoas julgam as outras e adoram se meter na vida alheia. O importante é seguir com a nossa verdade e o resto que se dane.
    Também sou pobre, suburbana, filha de mãe solteira e não fui nada do que idealizaram pra mim, eu fiz a minha historia.
    Lindo post! bjs
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ciana! E continue não deixando ninguém te por para baixo e nem ditar seu caminho. A vida é sua. Parabéns :)

      Excluir
  7. Seu texto é inspirador, sério.
    Se mais garotas nessas condições vissem as coisas como você viu, e recebessem apoio... nossa, não haveria tanto preconceito. Espero que mais garotas pensem como você e conquistem seus sonhos. Eu sei que é difícil, mas com força tudo dá certo, não é ?

    www.blogminhaspalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iris, o texto é um texto fictício. Sofri algumas coisas mencionadas, mas não se trata de minha pessoa. kkk, Corri lá em cima e acrescentei esse detalhe, porque vi que teve muita gente que achou que fosse minha história.O objetivo é mostrar que juntos podemos construir ou transformar o mundo em um lugar melhor e que o preconceito não terá mais vez. Muito obrigada, fico muito feliz que tenha gostado.

      Excluir
  8. Que texto MARAVILHOSO Let, espero que você sempre continue com essa força e conquistando tudo que deseja, pisando na cara do machismo e racismo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, Lais, muito obrigada! Mas só para acrescentar, o texto é um texto fictício. Sofri algumas coisas mencionadas, mas não se trata de minha pessoa. kkk, Corri lá em cima e acrescentei esse detalhe, porque vi que teve muita gente que achou que fosse minha história.

      Excluir
  9. Mds, texto simplesmente maravilhoso! Todo mundo deveria ler esse texto pra perceberem que elas podem tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Jess <3 Compartilha com as pessoas, nos ajude com essa luta para acabar com qualquer tipo de preconceito.

      Excluir
  10. Seu texto é maravilhoso e eu me identifiquei completamente com ele.
    Simplesmente pelo fato de ser mulher e nascer na periferia, já somos julgadas por mais uma.
    Parabéns.

    http://www.dannysstuff.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, Danny, muito obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado, mesmo <3 Vamos nos unir, temos força para conquistar o mundo... Parabéns por sua história.

      Excluir
  11. Eu também ouvi essas coisas e mostrei o contrário e é algo tão bom, tão bom não se deixar rotular é sensacional!
    www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é maravilhoso quando conseguir acabar com essa palhaçada em nossas vidas. Parabéns, Ingrid por ser guerreira e forte, sempre. Continue assim, seja você.

      Excluir
  12. Se formos das ouvidos aos preconceitos alheios nunca sairemos do lugar e nos tornaremos uma sombra daquilo que tanto falavam.
    Parabéns por suas conquistas e continue caminhando pra longe desse preconceito ignorante
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Dani. Infelizmente ainda tem muitos que sofrem por conta disso, mas vamos continuar na luta.

      Excluir
  13. É isso mesmo, temos que correr atrás dos nossos sonhos, acreditar em nós mesmas e seguir em frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, flor. Muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  14. Parabéns pela força guerreira, não devemos nos abalar nunca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, paixão. Muito obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  15. Ótimo texto e serve de "exemplo" pra qualquer mulher, todas precisamos lutar muito para alcançar nosso lugar na sociedade. Beijos
    Blog Ana Laura Artes
    Grupo de divulgação SCC Blogueiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Ana! Vamos conseguir tudo em nossas vidas. Muito obrigada!

      Excluir
  16. Parabéns pelas palavras, infelizmente vivemos em um lugar onde respeito ao próximo não vale nada, onde o melhor é humilhar e querer ser superior sempre. Admiro a força da mulher, principalmente da mulher negra, n devemos nunca nos abalar mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abalar nunca, devemos sacudir e levantar puera, kkkk. Muito obrigada pelo carinho, flor <3

      Excluir
  17. O preconceito ainda é tão visto por aí e continua sendo ridículo, né? Acho que você não julga pessoas por tom de pele ou classe social, muito menos dá uma de vidente e já decide como será toda a trajetória da pessoa. Cada um é cada um. E você fez muito bem escrevendo esse texto contando essa realidade ainda tão vista no mundo. E o melhor, mostrando que todos que falaram essas coisas, no fim, estavam errados.
    Parabéns.
    Beijos!
    Sonhos na Bolsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, Thay, ainda vivemos em um mundo de rótulos, mas vamos acabar com isso e creio em um mundo melhor, onde todos podemos ser nós mesmos, independente de cor, raça, religião, sexo, cabelo e tipo corporal... Muito obrigada pelo carinho. <3

      Excluir
  18. Que texto inspirador, sinto mais vontade de lutar contra os preconceitos quando vejo que alguém conseguiu... Obrigada por ser essa inspiração pra mim bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, não podemos parar de lutar contra o preconceito nunca! Por mais difícil que seja, vamos continuar e manter a fé de que conseguiremos uma vida melhor, um mundo melhor, mesmo que não nessa geração, mas nas que estão por vir. Muito obrigada <3

      Excluir
  19. Que texto mara!!! É incrível como até nos dias atuais ainda rola esse preconceito com negros, pobres e religiosos. Que mais pessoas tenham um mente aberta pra ver que somos todos iguais.

    www.blogtodagarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos espalhar isso, espalhar amor e mostrar que ódio não nos leva a lugar nenhum... Muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  20. Você é um exemplo! Muito bom ver uma mulher empoderada como você. Sempre mantenha essa postura firme e lute para empoderar outras mulheres. Juntas, vocês são mais fortes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Di, pelo carinho e pela força, mas esclarecendo, o texto é um texto fictício. Sofri algumas coisas mencionadas, mas não se trata de minha pessoa. kkk, Corri lá em cima e acrescentei esse detalhe, porque vi que teve muita gente que achou que fosse minha história. Mais uma vez, muito obrigada <3

      Excluir
  21. Que TExto perfeito, que foto Perfeita que Layout perfeito....
    Eu realmente me impressiono com a quantidade de racismo que rola hoje em dia mesmo com todos os movimentos e campanhas que tem, mas diferente do seu blog, o mundo não é perfeito...
    www.limaisum.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada, Sofi! Obrigada pelo carinho <3
      Mas vamos continuar na luta, não por um mundo perfeito, mas por um mundo que aceite as pessoas da forma que são e com mais amor...

      Excluir
  22. Que texto esplêndido, consegui ver toda essa situação que infelizmente é o retrato de vida de muitas mulheres! O segredo realmente é encontrar a força dentro de nós mesmas, mas não quer dizer que as "prematuras donas de casa" não sejam guerreiras também, certo?! Beijos
    www.parisdepriscila.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri, claro que não. Elas não são menos guerreiras que nós, somos todas guerreiras, TODAS, independente de qualquer idade, estado civil, quantidade de filhos... O texto é só um texto fictício, um exemplo, uma forma de mostrar que ainda há preconceito e que há como vence-los. Muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  23. Parabéns! Uma brasileira de verdade não foge da luta! ótimo texto

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Não sei o que dizer sobre esse texto, ele é destruidor apenas <3
    Também não sei se ele é biográfico, mas sendo ou não é um ótimo exemplo para todas as pessoas, não só negros, nem mulheres, nem só mulheres negras, mas todas as pessoas que já não tem esperança por isso ou por aquilo ;)
    Parabéns <3
    Bjoo :**
    Nerd de Pijama

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt *--* Muito obrigada pelo carinho, Carol, mesmo! O texto é fictício, foi só uma forma minha de mostrar que podemos vencer qualquer tipo de preconceito. Somos todas guerreiras e completamente capazes.

      Excluir
  25. Que texto ❤ com certeza não podemos nos abalar por nada e temos que lutar para conseguir o que queremos, somos capaz de tudo! Beijos www.luzesdefevereiro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Rai! Muito obrigada pelo carinho, flor <3

      Excluir
  26. Que texto lindo, sério. É muito bom sentir esse poder, essa garra, essa luta. Eu não imagino como é passar por isso, mas acho lindo de se ver e me sinto orgulhosa só de ler.
    Parabéns, muito bom. <3

    http://fluorescente.co/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um dos objetivos do texto, fazer com que nós mulheres sentirmos orgulho de nós mesmas, da nossa força. Muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  27. Eu acho demais ver uma mulher negra sambando na cara de quem determinou que o futuro dela seria "menos digno", única e simplesmente por ela ser negra. Parabéns pelas conquistas e que venham cada dia mais, vocês vão longe!

    beijos
    mari
    www.daruapralua.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mariana! Vamos todas sambar na cara das zinimigas, kkk. Muito obrigada pelo carinho, minha flor. Ah, só para frisar, o texto é um texto fictício. Sofri algumas coisas mencionadas, mas não se trata de minha pessoa. kkk, Corri lá em cima e acrescentei esse detalhe, porque vi que teve muita gente que achou que fosse minha história.

      Excluir
  28. DEU NA CARA DAS PESSOAS QUE DIZIAM ESSAS COISAS HORRÍVEIS!
    Adorei, eu já sofri preconceito contra meus cachinhos lindos e cai na bobeira de achar que alguém te moral para falar do meu cabelo, e fiz selagem pois era nova, e ai eu não me sentia bem, até que um dia falei que ia cortar, cortei, fui deixando a química ir embora, e hoje, estou feliz sendo bem mais eu com meus cachinhos lindos e maravilhosos, eu adorei o post, isso que você estava com preguiça kkkkkk
    beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda história, Fe! Também passei esse processo com o meu cabelo, só demorei mais tempo para me dar conta disso. Continue assim e nunca mais deixe que ditem quem você é. Muito obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  29. Que texto incrível! Qta força! Qta garra! Facilmente me identifico com alguns parâmetros do texto, se não na minha vida, na vida de amigas minhas que são negras e passam pelos mesmos desafios.
    Continue a inundar o mundo com sua determinação!
    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, vamos compartilhar esse post com elas e mostrar que somos todas vencedoras. Muito obrigada pelo carinho, minha flor <3

      Excluir
  30. Que texto lindo <3 Infelizmente o preconceito tá ai ainda. Muito ridículo isso de se importar com cor da pele. Uma coisa tão sem sentido que nem sei. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clara, por isso estamos sempre na luta para acabarmos com isso, não podemos desistir. Muito obrigada pelo carinho <3

      Excluir

OS QUERIDINHOS

CURTA NO FACEBOOK

RECEBA NOSSA

Inscreva-se para receber os novos artigos do blog diretamente em seu e-mail: