BLOG CONFIDENT

CRISES DE PÂNICO

março 27, 2019 0
CRISES DE PÂNICO
CRISES DE PÂNICO | BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
Odeio quando me sinto aflita. Quando bate aquela angustia sem fim e me vem uma vontade enorme de chorar. Parece que o mundo ao meu redor está desmoronando e eu não me sinto completa... É como se faltasse algo, ou que não tivesse feito o suficiente. Eu tento respirar fundo e lembrar de todas as coisas boas que eu tenho e que eu sou, mas o alivio parece ir embora com a mesma rapidez que me veio, e a angustia volta a reinar. É como estar no fundo do poço por sem chances de voltar a superfície. Eu perco o ar e tudo a minha volta começa a girar. Sou dominada pelas lágrimas que nem sabia poder chorar, afinal, quando se chora muito em um curto espaço de tempo, achamos que não há liquido o suficiente em nosso corpo para expulsar novamente. Minha garganta fecha e prende dentro de mim o grito, como se esse poço ganhasse vida me fechando e arrancando as asas que o grito este grito seria. É assim que eu me sinto sempre que tenho uma crise de pânico ou de ansiedade. É como se eu fosse morrer a qualquer momento por não aguentar tal sentimento ruim e amargo dentro de mim... Há crises que duram minutos, outras que duram horas, dias... então, ela passa e todo o preto e branco que me cercava ganha cor. Todos os momentos bons, as pessoas boas, as conquistas, a pessoa que eu sou de verdade na vida estão de volta me fazendo ter todos os motivos pela qual devo ser grata. O trecho na bíblia que nunca faz sentido nesses momentos de escuridão, mas que nos agarramos com todas as forças que ainda nos resta, faz sentido: "o choro pode durar uma noite, mas a alegria sempre vem ao amanhecer". Eu sei na pele o que é querer desistir de tudo, o que é querer sumir do mundo. Não é fácil passar por isso, mas cabe a nós, somente a nós, não desistir de lutar. Mesmo sem asas, mesmo sem uma maneira aparente de sair do fundo desse poço, devemos sempre lutar e não deixar a escuridão tomar a luz que há dentro de nós, nem nos impedir de enxergar o caminho de volta a superfície. 

--*--
Hey, meus amores, esse texto foi escrito no meio de uma crise. É a forma de lembrar a mim mesma que há muito mais em mim do que esse momento me deixa ver, então eu peço a vocês que nunca deixe nenhuma circunstancia ruim e/ou alguém fazer com que se esqueçam do que há de mais lindo em vocês, você mesmo. E um aviso importante: se essa sensação ou algo pior ou parecido, estiver sendo constante para você, não deixe de procurar ajuda, de conversar com alguém sobre isso. Por mais que pareça que não há ninguém do seu lado, há sempre pessoas que te amam dispostas a te ajudar. Nunca se esqueça disso. 
Amo vocês <3

RECOMEÇO

março 12, 2019 0
RECOMEÇO
RECOMEÇO - BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
"Mais um ano se inicia e com ele todas as novas chances de fazer a vida dar certo, de tornar sonhos realidades, de mudar, de viver intensamente cada segundo...."

Bom, isso era o que eu pensei em dizer no inicio do ano... antes de pensar em desistir.
Oi, meus amores, tudo belê?
Sei que eu desapareci daqui, do insta, do canal e de todas outras redes de mídia que estava usando para trabalhar e papear com vocês, e sei que poderia vir aqui e despejar sobre vocês tudo e um pouco mais das coisas que me fizeram parar, do medo que senti, do desespero que tomou conta de tudo o que sou. Acho que o último post feito aqui foi contando um pouco sobre a minha jornada até aquele momento, falei sobre meus planos e expectativas e meu trabalho da época, até 2019 chegar e me dar aquela rasteira.  Eu não perdi nada, eu só ganhei, mas de alguma forma, eu me perdi. Mergulhei em um mar bem furioso de desilusões e desesperanças e a única coisa que mudou foi o emprego que não tinha mais... a minha casa está aqui, estou vivendo o sonho da vida solo, com as minhas coisas, minhas contas, mas de alguma forma, eu não me sentia feliz com isso, não me sentia feliz com nada. 
Honestamente, gostaria muito de gravar um vídeo falando todas essas manifestações emocionais dentro de mim, mas não consigo fazê-lo sem me achar uma idiota ou chorar ou os dois... chorar e me sentir uma idiota. Então me peguei pensando em tudo o que estava fazendo e tudo parou de fazer sentido. Achei que Deus queria uma coisa e eu outra, então resolvi abrir mão. Na época não pareceu ser desistência da minha parte, só uma fase da minha vida que havia chegado ao fim. Foi aí que comecei a receber algumas mensagens, de amigos, principalmente, que acompanhavam o meu trabalho aqui com vocês e todos sempre me diziam a mesma coisa... eu tinha prazer em escrever, em gravar, em pesquisar assuntos legais e fotografar para vocês, mesmo com todas as limitações... Demorei muito até tomar coragem para recomeçar e admitir que não era Deus que estava me mandando parar, mas eu mesma que estava desistindo. E nossa, só Ele sabe o quanto lamento por isso e o quanto eu estou com medo. Mas olha o tamanho da minha hipocrisia se eu desistisse do que mais amo fazer? 
Todos os textos, todos os desabafos, todos os vídeos seriam em vão, falsos ao que eu estava vivendo comigo mesma. Foi então que vi um trecho de uma pregação que dizia que "eu não poderia ajudar ninguém enquanto não me ajudasse" e cá estou, admitindo tudo a vocês. Admitindo que apesar de não estar 100% comigo mesma, eu não vou desistir, mesmo que seja isso que eu queira fazer todos os dias... Eu conto com vocês para esse novo recomeço. 
Ah, e eu sei que tudo isso deve estar confuso agora, mas é parte dos sentimentos em mim, a confusão e não vou nem reler para corrigir alguns possíveis erros, para não cometer o erro de mudar isso. Eu amo vocês e como eu sempre digo: "tudo bem não estarmos bem, agora". O que importa é nos apoiarmos e nunca, nunca desistir. 

ALÉM DA ALMA - DESABAFO.

outubro 09, 2018 0
ALÉM DA ALMA - DESABAFO.
ALÉM DA ALMA - DESABAFO | BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
Que saudades que eu estava de escrever aqui... Faz um mês que voltei a trabalhar de carteira assinada e sou grata a Deus por isso. Muita coisa na minha vida mudou nos últimos três meses e voltar a trabalhar acabou fazendo tudo ficar de ponta cabeça, pois todo o tempo que tinha para me dedicar ao blog, ao canal e as redes sociais acabou... Achei que com o fim da faculdade, seria mais fácil, eu teria mais tempo livre e tudo ficaria bem, mas não foi bem assim que aconteceu. 
É engraçado, se não trágico, a forma que somos capazes de planejar tudo nos mínimos detalhes, sem ter certeza de que vai mesmo ser como planejado e no final, raramente é... Enfim, comecei a pensar que eu não conseguiria dar conta de tudo o que amo e por muitas vezes pensei em abrir mão de algumas coisas, mas isso aqui, esse espaço, é parte de mim. É muito do que eu sou, do que eu fui e provavelmente, do que eu serei. 
Honestamente, eu sempre sonhei em trabalhar com algo que me permitisse ser todas as profissões que eu sempre amei em uma só. Pedagogia, fotografia, maquiagem, literatura, lecionar, beleza, música, moda... tudo se resumiu em um único lugar, em uma única (ou melhor, duas com o youtube) plataforma.... o blog. Mas, infelizmente, tomei coragem para criar um e dedicar tempo a ele muito tarde. Não tarde que eu não posse trabalhar com ele agora, mas criei meu primeiro canal na mesma época que a Bia (Boca Rosa) criou o canal dela, tive milhões do blogs que não levei a diante, achando que ninguém iria querer saber a minha opinião e blá blá... E quanto mais cedo iniciamos um projeto, mais tempo você tem para se aperfeiçoar a ele... Não que meu blog e meu canal não possa ser grande um dia, mas a vida adulta não espera, entende? As responsabilidades batem a porta a todo o momento e você se vê presa em um beco sem saída. 
Entenda, não estou reclamando... minha vida e meu futuro pertencem ao meu Deus e o que Ele tiver para mim, eu quero. E sou grata a Ele por todos os processos que me trouxeram até aqui. Creio que passar por tudo isso, foi preciso para que eu diga a vocês uma coisa muito importante, algo que nunca me disseram quando eu era mais nova, algo que teria feito toda a diferença na minha vida: NÃO TENHA MEDO E NUNCA DESISTA! 
Parece clichê, eu sei, mas é verdade... Em um mundo em que realizar sonhos é impossível, falar para um adolescente, uma criança e um adulto que ele consegue ir além do que lhe foi imposto pela sociedade, ou pelo mundo, pela vida, enfim.... é surpreendente. Eu estou atuando na área da educação técnica atualmente (é meu trabalho de carteira assinada) e as vezes vejo o duro que alguns jovens dão e como outros não se importam e como alguns não tem esperança de algo melhor... Isso me faz refletir todos os dias sobre como é importante dizermos as pessoas que elas são capazes de algo. 
VOCÊ É CAPAZ! Eu sou capaz, todos somos. Nem era sobre isso que eu ia escrever aqui, mas já viu como eu amo essa liberdade de escrita, né? Enfim, voltando ao foco... Eu não vou deixar o blog e o canal de lado, mas espero, de coração, um dia poder viver desse mundo, como muitas pessoas que eu acompanho desde o inicio e espero que Deus me permita isso também. E do fundo do meu coração, eu espero que todos vocês que lerem isso, alcancem seus sonhos, planos e objetivos de vida, seja eles quais forem... Saiba que não se precisa de muito para ser feliz e que tudo aquilo que lhe tira a paz não vale o esforço. 
Não vai ser fácil, e não é mesmo! A dificuldade nos faz dar valor a tudo aquilo que conquistamos, mas não tenha medo, medo do que vão pensar, medo do erro, medo de falhar... siga seu coração e o guarde bem para que nunca perca a essência de ser quem é. Estamos juntos nessa jornada ao crescimento. 
Amo vocês, 
Letscat <3

COMO SE REINVENTAR TODOS OS DIAS

agosto 14, 2018 0
COMO SE REINVENTAR TODOS OS DIAS
COMO SE REINVENTAR TODOS OS DIAS | BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
Olá, meus amores, tudo certin'?
As vezes, na vida, é sempre bom mudar algumas coisinhas, sair um pouco da rotina e se reinventar, assim a gente não se acomoda e acaba entrando na ondas dos memes "acabei me tornando aquilo que mais temia..." Se já está sentindo que a sua vida está em um rumo que não te agrada mais, que tal se reinventar e mudar? É claro que essas mudanças não serão mudanças drásticas, mas serão pequenas coisas que você poderá fazer a si mesmo para (re)enxergar o mundo de uma outra perspectiva e assim retomar seu caminho em paz. 
1. Tire um tempo para si mesma
Não há nada melhor do que um tempo para analisar o nosso interior e ver o que é que mudou dentro de nós. Em dias em que as informações correm a solta, é bem normal que a gente mude nosso modo de pensar sobre determinadas coisas, seja elas grandes ou não, por isso é sempre bom tirarmos um tempo para analisarmos o que é que mudou dentro de nós e o que é que realmente queremos com tudo o que nos cerca. Experimente tirar esse tempo para uma conversa mais que honesta consigo mesmo. Só assim você irá entender-se melhor em todo esse processo. 
2. Inspire-se 
A gente sempre se apega as pessoas sem uma explicação nesta vida. Sempre tem algo nelas e no estilo de vida que levam que nos fazem admirar determinadas pessoas e são nessas coisas que você pode se inspirar para se reinventar. Não estou dizendo para seguir a finco o que outras pessoas vivem, mas para pegar tais características que gosta e começar a trabalhar em você, como por exemplo: a forma de olhar o mundo, o jeito que tratam e ajudam o próximo, a forma que lidam com as frustrações e/ou problemas da vida, a sua luta por uma causa, a vontade de querer algo melhor para o mundo e por aí vai... As vezes isso acaba acontecendo involuntariamente pelo convívio, mas não custa nada parar para analisar e ver quais dessas características se encaixariam naquilo que você quer para você mesmo.
3. Busque por conhecimento
Uma coisa que acontece muito na sociedade de hoje é que as vezes levamos a nossa verdade como uma coisa absoluta e não damos espaços a todas as outras que existem no mundo. Por isso, busque ler, ouvir, conhecer nossas culturas, novas pessoas, novos lugares, novas lutas além da sua própria. Dê espaço para o novo e isso pode te fazer repensar sua forma de viver... As vezes para alguém que segue uma vida regrada de seriedade, um pouco de envolvimento com pessoas que levam a vida de forma mais leve a faça bem e isso é conhecer e se permitir para o novo. 
4. Fuja um pouco da sua rotina. 
Se você gosta de curtir um netflix ou uma balada nos finais de semana (ou até durante a semana mesmo) ou se joga com tudo no trabalho ao ponto de não ver a vida passar, aqui você vai ter que se livrar um pouco disso e deixar aquela sua rotina de lado... Vá para lugares que você não imaginava ir, converse com um estranho na rua, experimente uma nova comida, vá ao teatro, visite sua família, viaje para algum lugar inusitado ou até mesmo para aquele lugar que você sempre quis mas não tinha tido tempo (ou dinheiro) para isso ainda, sorria para alguém que nunca viu e a elogie. As vezes é só de uma mudança no seu dia que você precisa. 
5. Mude algo em sua aparência. 
Isso não é uma regra, mas para algumas pessoas (principalmente mulheres) isso é parte fundamental no processo de reinvenção. Não precisa ser nada radical como raspar o cabelo, mas pode ser em coisas simples, como por exemplo, na roupa que veste, ou em algum acessório, na cor de batom, ou na sombra que usa nos olhos... coisas deste tipo. Se você quiser arriscar em algo, pode se jogar nas pinturas de cabelo, nos cortes ou quem sabe você se joga em uma nova tatuagem? Vá de você e daquilo que seu coração mandar você fazer e seja feliz. 
E sempre lembre-se que toda mudança deve partir de você e por você, jamais por causa de alguém, e só faça aquilo que lhe fizer bem de verdade. Mas também permita-se sair da sua zona de conforto, só assim algo realmente acontece, ok?
Muito obrigada por tudo!
XOXO <3

SEM RUMO

agosto 07, 2018 1
SEM RUMO
SEM RUMO | BLOG CONFIDENT POR LETÍCIA CAETANO
Eu queria muito poder voltar aqui e dizer que está tudo bem... dizer que ando menos confusa que antes e que a minha vida deu uma grande melhorada, mas tudo isso seria uma completa mentira de minha parte. Acho que nunca estive mais perdida em mim mesma, mais confusa... sem fazer a menor ideia do que fazer e para onde ir. As vezes é impossível não me agarrar ao passado seguro em que vivi ao me jogar na incerteza de um futuro que nada sei. As vezes penso em sair correndo mundo a fora sem jamais olhar para trás, mas me lembro que jamais poderia viver sem tudo o que tenho aqui. Viver... ainda tenho dúvidas se estou de fato vivendo uma vida ou só caminhando sem rumo por suas estradas confusas, tentando sobreviver mais um dia sem enlouquecer. Pode parecer egoísmo e talvez seja, pois tenho amigos e uma família para amar, mas isso ainda não minimiza o fato da solidão que me consome a alma. Não posso negar que tenho dias em que tudo fica colorido e florido como na primavera, mas na maioria das vezes me encontro nos dias cinzas e frios como no inverno. Talvez, só talvez, eu devesse parar e desistir de tudo isso, mas há sempre aquela vozinha dentro de mim, que assumo estar cada vez mais longe, dizendo que é só uma fase e que tudo isso irá passar. Será que mais alguém se sente assim como eu? Será que há neste mundo alguém que também esteja em busca de algo maior que a si mesmo? Será que tudo isso é possível? Será que existe mesmo alguma forma de ser feliz? Ou isso é só algo inventado para dar ao ser humano alguma esperança de continuar segundo em frente? Não é difícil olhar ao redor e achar que todos tem uma vida linda e fácil quando tudo por aqui está bagunçado e aparentemente sem rumo. Não prometo, mas vou tentar não desistir.